Malta

Neste post vou compartilhar sobre minha experiência no pitoresco País chamado Malta. Embora pouco conhecido por Brasileiros, é um famoso destino turístico na Europa. Sua popularidade se dar pelo mix de cenários que podem ser encontrados por lá. Com praias paradisíacas, construções medievais e cenários cinematográficos faz dele um lugar perfeito para férias.

Malta é um arquipélago composto de 5 ilhas que fica entre a Itália e a Tunísia, rodeada pelo Mar Mediterrâneo.

Seu território passou a ser independente do Reino Unido em 1964. Se tornou uma República 10 anos depois e em 2004 virou membro da União Europeia. A moeda adotada é o euro.

A cultura do país é muito rica e foi influenciada por fenícios, gregos, árabes, romanos, cruzados, franceses e ingleses. Essa mistura pode ser percebida na arquitetura, na gastronomia, nos traços físicos, na língua falada e escrita, e até nos carros de direção inglesa.

Das 5 ilhas de Malta, somente as três maiores são habitadas. São elas: Malta, Gozo e Cominho. Por seu território não ser muito grande, é possível conhecer os pontos turísticos das 3 ilhas  em uma mesma viagem.

Na minha viagem ao País, fiquei hospedada na Ilha de Malta, mas também conheci as outras 2.

Com o término do meu contrato de trabalho na Grécia, resolvi tirar umas férias na Europa e escolhi Malta como meu destino. Como todos sabem sou adepta a viagens econômicas, então procurei alternativas que pudesse curtir, viajar e descansar sem gastar muito. Foi aí que veio a ideia de fazer voluntariado (vou contar mais sobre essa experiência em outro post).

O trabalho voluntário que eu fiz era trabalhar algumas horas em um hostel em troca de acomodação, caso eu fizesse hora extra, eu ganhava um valor X na semana para ajudar com a minha alimentação. Bem legal!

Minha rotina durante esse tempo foi trabalhar pela manhã e aproveitar o resto do dia conhecendo a ilha. Dentre os locais visitados, vou destacar os principais que merecem sua visita.

Valleta

 É a capital e o coração comercial da ilha de Malta. A cidade aconchegante possui Catedral de São João, prédios históricos e com arquitetura que remete aos primórdios da ilha, museus e o jardim de Barraka, de onde é possível avistar fortalezas, bastiões e o principal porto da ilha. É considerada Patrimônio Mundial da UNESCO.

Valleta
Valleta

St. Julian’s

É uma cidade com charme de vila.  É o principal point para curtir a noite, a vida noturna é bastante agitada e receptiva com diferentes opções para aproveitar.

St Julian’s

Sliema

É uma das maiores e mais vibrantes cidades de Malta.

Aqui ficam localizadas as principais lojas de departamentos e de marcas famosas, os melhores restaurante e cafés. Caminhar no calçadão é uma pedida.

Cat Statue in Sliema

Comino

Nessa ilha encontra-se a praia Blue Lagoon, com de águas azul-turquesa e areias brancas faz qualquer um se apaixonar por esse cenário. Para chegar até aqui somente de barco a partir de Cirkewwa ou excursões organizadas por agências de viagens.

Comino

Marsaxlokk

A pequena vila de pescadores situada na parte sul da ilha de Malta é conhecida principalmente por seu famoso mercado de peixe aos domingos. É uma boa pedida para degustar peixes frescos em um ambiente relaxante.

Marsaxlokk / fishing village

Mdina

Antiga capital de Malta, é pitoresca e gostosa de visitar. Conhecida como ” a cidade do silêncio” possui ruas estreitas e convidativas para uma caminhada. Entre as lojas de souvenirs e as estreitas ruas medievais. Aqui foi gravada cenas da série Games of Thrones.

Mdina

Blue Grotto

É a famosa gruta que fica na costa sul onde o turista pode comtemplar a beleza das águas azuis do Mediterrâneo.  É possível apreciar por tanto por cima como entrar na gruta através do passeio de barco organizado por pescadores locais. Esse passeio custa 10 euros, em média.

Blue grotto

Dingli Cliffs

Esse lugar foi minha paixão. É um Cliff (penhasco) que está cerca de 250 metros acima do nível do mar, o que faz dessa região o ponto mais alto da Ilha. A vista panorâmica e o belíssimo espetáculo do pôr do sol faz desse lugar o meu favorito.

Dingli Cliff

Gozo

É o lugar perfeito para relaxar, diferente da ilha de Malta aqui o ritmo de vida é mais calmo, porém sua beleza e história continua a encantar. Para chegar na ilha é necessário tomar um ferry a partir do porto de Cirkewwa. O valor é 4.65 euros ida e volta.

Ta Pinu Church in Gozo

Bom fiquei no total 2 meses em Malta e visitei bastante lugares lindíssimos. E para todos os lugares utilizei transporte público. Embora funcione por horários, o serviço é bom e é possível se locomover por toda as ilhas utilizando os ônibus e ferrys.

Próximo post vou escrever sobre as praias.

Diga aqui embaixo o que você quer saber mais sobre o Malta.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s