Arquivo da tag: #inglês

As primeiras impressões da Nova Zelândia.

Olá pessoal!

Demorei mas vim escrever meu primeiro post sobre minha experiência aqui na Nova Zelândia, para ser mais exata na cidade de Auckland.

RooftopViewsA cidade é bem bonita tem vários lugares para conhecer, fico até perdida para onde ir, até porque a grana é curta né minha gente…

A moeda aqui é o dólar neozelandês, vale menos que o americano, mas não quer dizer nada porque aqui é um País bem caro!  Isso mesmo, nosso realzinho vale nada aqui. Hospedagem custa média de NZ$ 170 por semana, supermercado NZ$ 40 por semana, transporte eu gasto pouco porque vivo no centro e tento fazer tudo a pé, mas aqui é pago por trecho, o menor valor é NZ$ 2,50.

O inglês ensinado nas escolas é o britânico. Meu primeiro contato com a língua foi bem difícil, descobri que não falava nada em inglês, inclusive na escola fui parar no nível elementary (o básico), passei 2 semanas fiz prova e subi para o pré-intermediário, agora estou começando desenvolver bem o inglês. Minha escola é bem bacana, estou gostando.

O clima é agradável, porém as vezes louco, amanhece chovendo e a tarde aparece sol forte, por exemplo. A temperatura não caem muito, então conseguimos fazer tudo normalmente pela cidade.

Internet é uma coisa bem chata na minha opinião, aqui “não existe” internet ilimitada, os wifi free normalmente tem limite por dia, no caso minha operadora de telefone 500MGB por mês, ou seja abri o facebook no celular acabou.  Dificilmente você vai achar um estabelecimento com internet free e boa. Por isso não tenho conseguido postar muito aqui no blog. Para utilizar internet vou para a biblioteca pública que disponibiliza 1GB de internet por dia.

O trânsito é bem tranquilo, respeito aos sinais de trânsito é comum por aqui, por mais que não tenha carros nas vias, as pessoas esperam o sinal abrir para atravessarem, só vendo para crer.  A direção do carro é  mão inglesa, ou seja, tudo ao contrário, direção e vias.

Estou a 1 mês e 2 semanas aqui e estou amando vivenciar outras culturas, outra língua, outros sabores, outras amizades e um outro jeito de ver a vida..

See you guys!

 

Anúncios

Quero viajar para fora, mas não sei falar outra língua. E agora?

Outras-linguas

Se você acha que não poderá conhecer muitos lugares se não saber falar outras línguas está muito enganado. Claro que saber falar inglês ajuda muito, mas viajei para outros países com meu inglês básico e me virando no portunhol sem problemas.

  • Línguas semelhantes

Existem línguas bem parecidas com o português, como o espanhol e o Italiano. Sei que não é a mesma coisa, mas se falado pausadamente, numa conversa, é possível entender a maioria das palavras. E se não entender, pergunte novamente, use a linguagem de gestos, no máximo isso renderá boas risadas.

  • Usando “Portunhol”

O portunhol é a mistura do português com o espanhol, é o clássico “enrolation”. Ao viajar pehellola América do Sul, principalmente, você pode usar sem problemas, eles vão te entender de boa.

Eu quando fiz o mochilão, consegui me comunicar com os gringos usando o portunhol e o meu inglês
basicão, sem problemas, em geral, os gringos são gente boa e se esforçam para nos entender.

  • Palavras básicas

Aprenda algumas frases básicas de sobrevivência na língua do País que irá visitar, como:

Olá / Tchau

Bom dia / Boa tarde / Boa noite

Obrigada / De nada / Por favor

Sim / Não

Com licença / Desculpa

Quanto custa? / A conta por favor

Não falo … (por exemplo inglês, francês) / Você fala português?

Onde fica…? / Direções: esquerda, direita

Como não dá pra memorizar todo o vocabulário, o resto terá que ser por gestos, que todo mundo entende.

Existem também vários aplicativos para smartphones que poderão servir como o seu tradutor particular. Provavelmente o mais popular e completo é o Google Translate, além de ser gratuito.

O mais importante é não ter medo de errar. Às vezes esquecemos que passamos dois anos de nossas vidas, quando bebês, sem saber falar e mesmo assim conseguíamos nos comunicar. Use as mesmas táticas que usava no passado, poucas palavras e gestos, e vá viajar.

No mais, viajar não é um bicho de sete cabeças e a maior parte dos lugares que visitar as pessoas locais farão o possível pra te entender. Se joga!!

HELLO in eight different languages